Bolsa de investigação enquadra-se no projecto designado por "Pepinos do mar como novo recurso marinho: potencial para a aquacultura".

O Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR) abriu um concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação. Esta, atribuída a um Licenciado, enquadra-se no projecto com a referência CUMARSUR – PTDC/MAR-BIO/5948/2014, designado por “Pepinos do mar como novo recurso marinho: potencial para a aquacultura” e que é financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia – FCT/MCTES (PIDDAC) nas seguintes condições:

 

Funções a desempenhar:

O trabalho pode decorrer fora das horas normais de expediente, incluindo à noite e fins-de-semana e incluí:

– Preparação do material necessário ao trabalho de campo e colaboração na organização logística das saídas de campo;

– Apoio nas saídas para amostragem de holoturias;

– Triagem e arrumação das amostras recolhidas;

– DNA extracção e purificação; amplificação por PCR; electroforese; barcoding; genotipagem e análise de microssatélites;

– Manutenção dos juvenis e adultos de holotúrias;

– Desenvolvimento da cultura das diatomáceas e criação das dissoluções “base”;

– Produção de microalgas e algas bentônicas para alimentação dos pepinos do mar;

– Analise física e química de amostras de água e sedimentos;

– Colaboração na elaboração do relatório anual do projecto;

– Elaboração do relatório final de bolsa.

Orientação Cientifica:

Doutora Mercedes González-Wangüemert, Investigadora Principal no CCMAR e Investigadora Responsável do Projeto.

Local de Trabalho:

CCMAR, Estação do Ramalhete e outros locais de acordo com o Plano de Trabalhos.

Requisitos:

  1. Licenciatura em Ciências do Mar, Biologia ou área afim;

Critérios de avaliação:

  1. Nota final de licenciatura (25%);
  2. Experiência na manutenção de aquários (10%);
  3. Experiência em analises de sedimentos (granulometria e determinação de matéria orgânica) (10%);
  4. Experiência na cultura de microalgas (5%);
  5. Experiência na utilização de técnicas moleculares (10%);
  6. Experiência na aquacultura de pepinos do mar do Noreste do Atlântico (determinação de taxas de crescimento e alimentação, seguimento de doenças) (30%);
  7. Práticas em empresas de aquacultura ou aquariofilia (10%);

Nota:

Será dada preferência a quem tiver Carta de condução; Nível de mergulho Open Water Diver PADI, 1 estrela CMAS ou equivalente; Disponibilidade para deslocações a diferentes países da Europa e África (deve vir referido pelos candidatos na carta de motivação); Experiência na manutenção de aquários, analises de sedimentos (granulometria e determinação de matéria orgânica), cultura de microalgas, genética (extração de DNA, PCRs, microsatelites) e aquacultura de pepinos do mar do Noreste do Atlântico (determinação de taxas de crescimento e alimentação, seguimento de doenças).

O CCMAR refere que, em caso de dúvidas aquando da análise das candidaturas, o júri pode contactar ou recorrer a entrevistas com o objectivo de obter esclarecimentos adicionais.  Adicionalmente, “na eventualidade de os candidatos a concurso não possuírem o perfil adequado para as funções propostas, o júri reserva-se o direito de anular o concurso”.

Durante o decorrer da bolsa na eventualidade de o bolseiro rescindir o contrato de bolsa o júri reserva-se mediante juízo de conveniência e oportunidade ao direito de atribuir a bolsa ao candidato seguinte na ordem de seriação final.

 

Condições da bolsa:

Duração de 12 meses, com início previsto para Junho de 2016, eventualmente renovável por períodos adicionais até ao fim do projecto de investigação no qual se enquadra, em regime de exclusividade, conforme Lei nº40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica). Consulte o Regulamento de Bolsas e Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia em vigor e o regulamento de bolsas de investigação científica do CCMAR.

Subsídio de Manutenção Mensal:

O Subsídio será atribuído mensalmente através de transferência bancária, com o valor de 745€/mês de acordo com a tabela de valores das Bolsas de Investigação no país atribuídas pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (745.00€/mês – BI – Licenciado).

Prazos de recepção da candidatura: de 22 de Abril a 06 de Maio 2016

Candidatura:

As candidaturas deve ser feita em formulário próprio (IP.CCM.040/00) e incluir carta de motivação escrita em inglês (que explique a experiência em cada critério de avaliação), cópia do certificado de habilitações de licenciatura, Curriculum Vitae detalhado, cópia de Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão ou passaporte, número de identificação fiscal.

Envio de candidaturas:

As candidaturas devem ser enviadas com a Refª CCMAR/BI/0006/2016 por e-mail para ccmar@ualg.pt (só são aceites candidaturas enviadas electronicamente para este endereço de email). A recepção só é considerada válida após confirmação por escrito.

Divulgação de resultados:

A comunicação dos resultados da avaliação será feita até 30 dias úteis após o termo do prazo de apresentação das candidaturas, mediante comunicação escrita.

Comissão responsável pela selecção:

Doutora Mercedes González-Wangüemert, Investigadora Principal no CCMAR e Investigadora Responsável do Projeto (Presidente do Júri), Doutora Luísa Custódio, Investigadora Auxiliar no CCMAR (vogal), e Doutor Fernando Cánovas investigador pós-doutorado no CCMAR (vogal).

 

 

 

 

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill