A ESA (Agência Espacial Euopeia), acaba de lançar mais um Satélite integrado no Projecto Copernicus de Observação da Terra.

Designado como Sentinentel-3A, com 115Kg, o Satélite foi lançado da base de Plesetsk, na Rússia, esperando-se que esteja completamente operacional, a recolher e a enviar dados, dentro de três meses.

Considerado como um passo decisivo no projecto Copernicus, o novo Statélite, o terceiro de uma futura constelação de seis, terá como principais objectivos medir a temperatura, cor (indicativo das concentrações de fitoplâncton) e altura da superfície dos oceanos, bem como a espessura dos glaciares, tendo em vista uma melhor compreensão e monitorização dos mecanismos respeitantes às alterações climáticas.

Em simultâneo, terá ainda a capacidade para monitorizar focos de poluição marinha e fenómenos e produção biológica verificados ao longo dos oceanos, assim como, sobre terra, monitorizar a ocorrência e evolução de incêndios florestais e proceder à cartografia do uso do solo, estado e saúde da vegetação, rios e lagos, com uma resolução de 1Km.

Ver Vídeo

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill