Ministro da Cultura revelou que CNANS passará de Loures para Xabregas, em audição parlamentar
CNANS
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Centro Nacional de Arqueologia Náutica e Subaquática (CNANS) vai ser transferido de Loures para Xabregas, segundo anunciou ontem ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, durante uma audição parlamentar, referiu o Correio da Manhã.

De acordo com o mesmo jornal, o ministro revelou que as reservas arqueológicas daquele centro serão transferidas para “outra localização em Xabregas”, sem esclarecer datas para o efeito.

Inserido na Divisão de Salvaguarda do Património Cultural do Património Arquitectónico (DSPAA) e Arqueológico, do Departamento de Bens Culturais, o laboratório do CNANS está vocacionado “para a conservação de artefactos e estruturas provenientes de contextos arqueológicos encharcados”, refere-se no portal oficial da Direcção-Geral do Património Cultural.

Segundo o mesmo portal, “este laboratório tem vindo a dar resposta, em território nacional, à conservação da grande maioria dos materiais arqueológicos provenientes deste tipo de contextos, nas suas diversas vertentes, para a qual se destacam, ao nível dos equipamentos e infra-estruturas com que conta, as unidades de impregnação para materiais orgânicos de grandes dimensões, nomeadamente para estruturas em madeira e as unidades de grande porte destinadas ao tratamento electroquímico de artefactos metálicos”.

 

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill