Praticantes estavam a cerca de 2 milhas a sul da praia da Batata, em Lagos, e sem condições para regressar a terra pelos próprios meios
SUP

 

Na tarde do dia 13 de Fevereiro o Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima de Lagos coordenou o resgate de dois praticantes de SUP (Stand Up Padle) que se encontravam a cerca de 2 milhas a sul da praia da Batata, em Lagos, e sem condições para regressar a terra pelos próprios meios.

O alerta foi dado às 13h10 e de imediatos foram enviados, para o local, uma embarcação da Estação Salva-vidas de Ferragudo e dois agentes da Polícia Marítima (por terra).

Ambos os praticantes, de nacionalidade tailandesa e com 20 e 23 anos de idade foram resgatados pela embarcação salva-vidas SR-43 pelas 13h40 e transportados para o interior do porto de Lagos. Apesar de apresentarem sinais de fadiga e frio não foi necessária qualquer intervenção medica.

Segundo informações disponibilizadas pela Autoridade Marítima Nacional os dois praticantes entraram no mar, apesar das condições meteorológicas adversas, e logo após saírem do abrigo natural da falésia, foram rapidamente arrastados pelo vento.

 

 

 

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill