Até 26 deste mês 4.000 militares portugueses, franceses, espanhóis, holandeses e alemães participam em manobras navais na costa Oeste de Portugal para testar cenários de crise

Até 26 de Junho, decorre na costa Oeste do nosso país «o maior exercício naval em Portugal», segundo informa a Marinha. A operação tem o nome de código “CONTEX/PHIBEX 2015 AND HARBOUR PROTECTION EXPERIMENTATION” e visa testar cenários de crise, sob o comando do vice-almirante Pereira da Cunha.

Participam 12 navios nacionais e oito estrageiros, da Espanha, França, Holanda e Alemanha, forças de Fuzileiros Nacionais e espanholas e dois tipos de aeronaves da Força Aérea Portuguesa, num total de 4.000 militares,

De acordo com a Marinha, o exercício contribui para preparar as unidades envolvidas, proporcionando-lhes a manutenção de altos níveis de prontidão e interoperabilidade, assim como a coesão das forças e comandos envolvidos. Serão também testados procedimentos e tácticas associadas às disciplinas de guerra naval, «no âmbito de vigilância e interdição marítima, do desembarque anfíbio e das operações integradas no combate global contra o terrorismo e pirataria num cenário especialmente criado para o efeito», informa a Marinha.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill