«O Centro de Reporte de Pirataria do International Maritime Bureau (IMB) desempenha um papel crucial na comunicação entre navios mercantes, autoridades costeiras e marinhas, e está preparado para tornar este esforço mais eficaz», afirmou Pottengal Mukundan, director do IMB, durante a reunião internacional sobre pirataria global, segurança marítima e assaltos à mão armada que a organização promoveu na Malásia, em 14 e 15 de Setembro.

Os representantes da indústria marítima presentes no encontro, que contou com mais de 200 delegados de 30 países, incluindo também representantes de agências de segurança, Governos, marinhas e sindicatos de tripulantes, sugeriram que o IMB poderia mesmo desempenhar um papel de liderança nesse processo. Os participantes concordaram que a reunião contribuiu para melhorar a compreensão das prioridades, capacidades e limitações, quer por parte da indústria, quer por parte de outros agentes.

Na agenda estiveram também os temas da utilização de guardas armados a bordo dos navios, a coordenação da utilização de meios em operações contra a pirataria, os desafios colocados pela aplicação da lei e a detenção e perseguição de piratas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill