O aumento do consumo de petróleo e gás é o principal responsável pela antevisão de um crescimento das emissões de CO2, depois de anos em que diminuíram
GNL
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Depois de cinco anos de redução das emissões do CO2 em 3%, estas deverão aumentar nas economias mais desenvolvidas, como a América do Norte, a União Europeia e as economias mais avançadas da Ásia/Pacífico, e já este ano devem crescer 0,5%, de acordo com dados da Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla inglesa).

Segundo explica a IEA, o aumento de consumo de petróleo e gás mais do que ultrapassa a diminuição das emissões de CO2. E embora o aumento das emissões não atinja o nível de crescimento de 2,4% das economias, mesmo assim torna difícil cumprir os objectivos traçados na Conferência de Paris sobre as Alterações Climáticas, há três anos. A IEA espera igualmente que as economias emergentes produzam mais CO2 do que no ano anterior.

Estes dados surgem num momento em que decorre a 24ª sessão da Conferência de Partes da Convenção das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas (COP 24), Katowice, na Polónia, na qual se espera a finalização das regras para aplicação das metas do Acordo de Paris.

E poucos dias depois do Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres, ter dito que a temperatura média do planeta pode subir 3 graus até ao final do século, com base num relatório das próprias Nações Unidas. E de ter apelado à urgência de, até 2030, triplicar o valor dos compromissos assumidos no Acordo de Paris para manter a temperatura abaixo dos 2 graus.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Seminário WavEC 2018

    4 Dezembro, 2018 - 5 Janeiro, 2019
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill