Desportistas apresenta, no dia 2 de Fevereiro, o documentário “MINI Kitesurf Odyssey 2015”.
madeira

A Madeira foi simultaneamente o destino da travessia em kitesurf de Francisco Lufinha e o local escolhido para a apresentação do documentário que resultou dessa viagem.

Foi em Julho de 2015 que o desportista saiu de Lisboa e, na travessia até à Madeira, conseguiu alcançar um novo record mundial – o da maior viagem de kitesurf sem paragens: 874 quilómetros, em 47 horas 37 minutos.

O documentário, cuja ante estreia vai decorrer a 2 de Fevereiro, às 19 horas, Auditório do Centro de Congressos do Casino da Madeira, mostra a travessia através de imagens inéditas e flashbacks.

Uma hora antes, pelas 18.00 horas, será realizada uma conferência de imprensa na sala Paris (piso CF) do Hotel Pestana Casino Park, onde Francisco Lufinha estará disponível para responder a todas as questões que lhe forem colocadas, abrindo espaço a uma conversa sobre os novos projetos que pretende concretizar.

Esta não foi a primeira experiência do género de Francisco Lufinha. Em 2013 fez Porto a Lagos, (trajeto de 305 milhas – 654 quilómetros – em 29 horas) e no ano seguinte realizou a travessia entre as Selvagens e a Madeira (trajeto de 165 milhas – 306 quilómetros – em 12 horas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill