Uma homenagem à coragem e à fibra dos altletas portugueses, segundo palavras do Presidente

O Presidente da República presidiu a uma homenagem ao desporto nacional, no antigo edifício do Museu dos Coches, onde foram condecorados 16 atletas olímpicos e paralímpicos que se destacaram ao longo dos anos em diversas modalidades com a Ordem do Infante D. Henrique. Entre os 7 atletas que receberam a distinção de Grande-Oficial encontravam-se os velejadores José Manuel Gentil de Quina e Mário Gentil de Quina e também os canoistas Emanuel Silva e Fernando Pimenta. Ao Comité Olímpico de Portugal e ao Comité Paralímpico de Portugal foi-lhes atribuído o estatuto de Membro-Honorário.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill