O objectivo é responder aos crescentes problemas de segurança existentes no sector marítimo.
Hyundai Heavy Industries
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Com o objectivo de combater a crescente ameaça de segurança no sector marítimo, a Autoridade Marítima Portuária de Singapura (AMPS) inaugurou um novo Centro de Operações de Segurança Cibernética Marítima (MSOC) 24/7, que será operada pela ST Engineering e o seu hub, segundo o Safety4Sea. Este objectivo será cumprido por meio de atenção prévia e resposta a potenciais ataques cibernéticos na infra-estrutura.

O MSOC realizará monitorização 24 horas por dia, 7 dias por semana, e correlacionará as bases de dados de toda a infra-estrutura de informação crítica marítima (CII) que partilhará com o Centro de Controlo de Operações Portuárias, visando detectar e monitorizar ataques cibernéticos, analisando actividades, detectando anomalias e ameaças para responder aos incidentes de segurança cibernética usando soluções tecnológicas disponíveis.

“As ameaças cibernéticas ocorrem de muitas formas e têm vindo a aumentar de forma constante em todo o mundo. Como o centro de transbordo mais movimentado do mundo, é importante que salvaguardemos a infra-estrutura marítima e portuária para evitar uma grande interrupção nas operações portuárias e na entrega de serviços”, afirmou Niam Chiang Meng, Presidente da MPA Singapura, na abertura do Centro.

Outras iniciativas foram também implementadas pela AMPS nesta matéria: colaborou com a Singapore Shipping Association e a Singapore Polytechnic para desenvolver um novo “Curso de Treino em Segurança Cibernética Marítima (Intermediário)” para que o pessoal marítimo possa aprimorar os seus conhecimentos na gestão de ameaças cibernéticas. Este novo curso prevê-se para o primeiro semestre do próximo ano.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill