O navio oceânico MS World Explorer, em construção nos estaleiros navais de Viana do Castelo, assinalará a entrada da Douro Azul nos cruzeiros de expedição na Antártida a partir de 2018
Douro Azul
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Mário Ferreira, CEO da Douro Azul, confirmou ao Jornal de Negócios (JN) que encomendou aos estaleiros navais da West Sea, do grupo Martifer, em Viana do Castelo, a construção de um navio oceânico destinado a cruzeiros de expedição na Antártida. O empresário revelou ainda que o navio já está em construção e deverá ser lançado à água em Novembro de 2018.

Embora não tenha revelado o valor do navio, admitiu que existem vários navios semelhantes em construção em todo o mundo, a um custo que varia entre 70 a 100 milhões por unidade. No seu caso, a operação será apoiada por “dois empréstimos obrigacionistas, no valor global de 50 milhões de euros, e o restante com o apoio da Caixa Geral de Depósitos, do Montepio e do Banco Carregosa”, segundo revelou ao JN.

O empresário admitiu igualmente que o navio já está integralmente fretado pela Polar Cruise Company Quark Expeditions. “Já tenho esses meses vendidos por duas temporadas, prazo renovável por igual período”, referiu ao JN. Para o resto da temporada, o navio percorrerá “pequenos e distintos portos ao redor do mundo, normalmente não acessíveis a navios de cruzeiros maiores”, referiu.

O navio terá a designação de MS World Explorer, 126 metros de comprimento e 19 de largura, um peso de 9.400 toneladas, capacidade aproximada para 200 passageiros e 111 tripulantes e navegará a uma velocidade de cruzeiro operacional de 16 nós. Ainda segundo o JN, terá casco reforçado e hélices para atravessar o gelo, e os “motores, o sistema de propulsão, automação, o controlo de posicionamento dinâmico e o cérebro central de controlo do navio será Rolls-Royce”, referiu o empresário.

Projectado pelo arquitecto naval italiano Giuseppe Tringali, refere o jornal, o navio “vai oferecer itinerários de cruzeiros de expedição na Antártida durante quatro meses, entre Novembro e Março, com partida em Ushuaia, cidade situada na ponta sul da Argentina” e as viagens serão “segmentadas em etapas de 10 dias” a um preço próximo dos “mil euros por noite”, referiu Mário Ferreira ao JN.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill