O derrame ocorreu durante uma operação de trasfega de 250 quilos de combustível e ficou de imediato sujeito a todos os meios de contingência do porto
Porto de Sines
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Na madrugada de Sexta-feira ocorreu um derrame de 250 quilos de combustível no Terminal XXI do porto de Sines, admitiu a Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS) em comunicado. Segundo a APS, o derrame verificou-se “durante uma operação de fornecimento de bancas do navio Bahia Tres ao navio MSC Sandra”, ou seja, uma operação de trasfega entre os dois navios.“

Fruto da imediata activação de todos os meios de contingência do porto de Sines, incluindo a colocação de barreiras (com vista à contenção e recolha do combustível derramado) foi possível minimizar o impacto do incidente na actividade portuária”, esclareceu ainda a APS. Já depois das 16 horas, quando tivemos acesso à informação da APS, ainda decorriam trabalhos de limpeza do cais, segundo o comunicado da administração portuária.

Todavia, segundo esclareceu fonte próxima da APS ao nosso jornal, o primeiro navio a atracar o Terminal XXI antes das 16 horas já o fez com o problema estancado.

Ainda na Sexta-feira, a ocorrência ficou sujeita a uma investigação chefiada pela Autoridade Marítima Nacional (AMN) e pelo Ministério Público, reconheceu a APS no mesmo comunicado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Selvagens Ilhas Afortunadas

    Junho 6
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill