Até 13 de Junho a fragata portuguesa treinará com a Royal Navy, após o que concluirá o seu aprontamento para integrar a Força Naval Permanente da NATO, em Agosto
Operational Sea Training
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Largou esta semana da Base Naval de Lisboa a fragata D. Francisco de Almeida, rumo a Inglaterra, onde participará no Operational Sea Training (OST), a partir de amanhã e até 13 de Junho. Depois deste treino com a Marinha britânica, a fragata “irá concluir o seu ciclo de aprontamento, de forma a integrar Força Naval Permanente da NATO, em Agosto próximo”, refere a Marinha portuguesa.

De acordo com a Marinha, o OST é habitualmente um “importante marco no processo de aprontamento das unidades navais portuguesas, com vista a preparar os navios para operarem em cenários de elevada complexidade, na máxima extensão das suas capacidades, nomeadamente todo o espectro e ambientes das operações navais, maximizando a sua capacidade para combate, em especial de defesa contra ataques terroristas que ocorram a partir do mar”.

Comandada pelo capitão-de-fragata Ricardo da Silva Inácio, a fragata tem uma guarnição de 192 militares, “incluindo duas equipas do pelotão de abordagem do Corpo de Fuzileiros, uma equipa de mergulhadores, uma equipa médica e um destacamento de helicópteros embarcado”, esclareceu a Marinha.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Selvagens Ilhas Afortunadas

    Junho 6
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill