Nestes estranhos dias feitos não se sabe já se de tão falsa quanto ilusória auto-suficiência ou mais simplesmente de tão ingénuo quanto não menos infantil solipsismo, não conduzindo senão ao mais confrangedor e vazio psitacismo hoje a todos patente, talvez seja tempo, para quem tenha um mínimo de consciência e um mínimo de capacidade de reflexão, de mudar definitivamente de atitude, percebendo porquê.
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Seminário

Construção Naval em Portugal

Acção, Cooperação, Inovação, Renovação

Escola Náutica Infante D. Henrique 

140:30

Recepção e Registo

 15:00

Introdução

AIN – José Ventura de Sousa

15:20

Diálogo sobre o Futuro da Construção  Naval em Portugal

– Arsenal do Alfeite – Rui Ribeiro Parreira;

– Atlantic Eagle Shipbuiding – Bruno Costa;

– Grupo ETE – Miguel Trovão;

– Lusoyacht – Tomás Costa Lima

– Estado Maior da Armada – Nuno Sardinha

EDISOFT – Fernando Braz de Oliveira

LSTS-FEUP – João Tasso Borges de Sousa

– Safe Boat – Mathias Terner

– Tecnoveritas – Jorge Antunes

17:00

Abertura do Diálogo a Toda a Audiência

18:00

Encerramento

e Beberete para o Devido Retempero de Forças

Entrada livre, como sempre, mas sujeita a imperiosa inscrição em:

marketing@jornaldaeconomiadomar.com



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill