Começou a produção de gás e condensado de gás pela maior instalação para unidades flutuantes convertidas de liquefacção (FLNG, na sigla em inglês), a Prelude, a 475 quilómetros de Broome, na Austrália.
Biqueirão
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A maior instalação mundial para produção de gás natural liquefeito (GNL) de unidades flutuantes convertidas de liquefacção (FLNG, na sigla em inglês), a Prelude, lançada pela Shell, a 475 quilómetros de Broome, na Austrália, começou a produção, anunciou a petrolífera.

Nesta fase inicial de produção, o gás e o condensado de gás ainda estão a ser produzidos e movidos através da estrutura. Quando este processo estiver concluído, a instalação estará estabilizada para uma produção fiável.

Apesar de o projecto ter começado mais tarde do que o previsto, avança a Reuters, espera-se que aumente as exportações da Austrália e mantenha a liderança do país como exportador mundial de GNL.

Note-se que em Novembro a Austrália ultrapassou as exportações de GNL do Qatar e tem levado avante vários projectos de exportação no país nos últimos três anos, como o projecto Ichthys LNF, na costa norte da Austrália.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill