Em 2018, durante o total de incidentes registado pelos Centros de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo, foram salvas 320 vidas
Centros de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Ainda em época de balanços, a Marinha portuguesa divulgou o registou global dos Centros de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de 2018. De acordo com a Marinha, no último ano, esses centros registaram “748 incidentes, nos quais foram salvas 320 vidas”.

Segundo a marinha, “a taxa de eficácia do sistema, para o qual contribuem diversas outras entidades como a Autoridade Marítima Nacional, a Força Aérea Portuguesa, entre outros, situa-se nos 98.8%, tendo aumentado 2.3 %” face a 2017.

Referiu ainda a Marinha que “na restante actividade operacional”, os seus navios e unidades operacionais estiveram em missão cera de 5 mil dias e navegaram 42.500 horas. No total, os seus navios “percorreram aproximadamente 335.000 milhas náuticas, o equivalente a 15.5 voltas ao mundo”, referiu a Marinha.

 

Nota: Foto retirada do site oficial da Marinha

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill