A Nanyang Technological University (NTU) de Singapura está a estudar a possibilidade de utilizar metanol como combustível marítimo, apoiada pelo Methanol Institute
BIMCO
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Methanol Institute (MI), uma associação internacional de produtores, distribuidores e fabricantes de tecnologias relacionadas com o metanol, está a apoiar um projecto da Nanyang Technological University (NTU), de Singapura, para uma primeira avaliação da possibilidade de o metanol se tornar combustível marítimo na Ásia, refere o Safety4Sea.

O projecto será composto por duas fases: a primeira consiste em avaliar o desempenho funcional, através do programa de avaliação do GreenPilot em Gotemburgo, na Suécia, e a segunda consiste no envio de um motor para Singapura para instalação a bordo de uma embarcação e teste marítimo de seis meses, seguido de uma desmontagem do motor para testar compatibilidade de material.

Estima-se que este projecto necessite de investimento de cerca de 174 mil euros, não só para a instalação do motor, como para testes de mar. Os dados recolhidos serão partilhados com observadores oficiais para ajudar a preencher algumas lacunas de conhecimento, nomeadamente o nível de eficiência e viabilidade do metanol como combustível marítimo.

“O projeto GreenPilot, juntamente com outros, como os projectos SUMMETH (Suécia) e Methaship (Alemanha), têm vindo a demonstrar que o metanol pode ser facilmente adoptado como combustível marítimo a um custo razoável e sem a complexidade de outras alternativas de baixa emissão”, explicou o Director de Operações do Methanol Institute, Chris Chatterton. Tem-se igualmente verificado que as reduções de emissões são substanciais em comparação com o combustível convencional. Isto porque não há enxofre no metanol e as emissões de NOx foram reduzidas para que o motor pudesse atender aos padrões de emissões de NOx Nível III.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. IV Grande Conferência JEM

    Janeiro 22 - Janeiro 23
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill