O melhoramento dos portos de Faro e Portimão representam um investimento de 2,8 milhões de euros, dos quais 1,18 milhões por via de comparticipação do FEDER

Até ao final deste mês devem terminar as obras de melhoramento dos portos de Faro e Portimão, da responsabilidade da APS – Administração do Porto de Sines e do Algarve, no quadro das operações “Aumento da operacionalidade e segurança no Porto de Faro”, orçada em 1,2 milhões de euros, e “Aumento da operacionalidade e segurança do Porto de Portimão”, correspondente a um investimento de 1,6 milhões de euros. Ambas são comparticipadas pelo FEDER. A primeira, em 480 mil euros e a segunda em 700 mil euros.

Em Portimão, estão em fase de conclusão as obras de reabilitação do cais flutuante Bartolomeu Dias e decorre a requalificação dos espaços para passageiros do Edifício Gare Marítima. Serão ainda instalados novas defensas pneumáticas e colocado um scanner no terminal de passageiros.

Em ambos os portos está quase terminada a implementação do sistema de controlo de acessos e procede-se à melhoria das condições operacionais e de segurança dos Datacenters, assim como à instalação da solução de integração das comunicações rádio via VHS e à evolução dos activos da rede informática.

Será igualmente reforçada a segurança dos dois portos, com a extensão do Sistema de Supervisão Portuária e VTS Portuário, permitindo vigilância vídeo do cais e melhoria das operações e do controlo de tráfego marítimo das áreas molhadas. Finalmente, serão melhorados os serviços de apoio técnico, segurança e fiscalização de obras portuárias e a disponibilização dos Veículos Polivalentes de Intervenção.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill