Perigo de disrupção logística e distorção do mercado, são as principais preocupações da ESPO.

Preocupada com eventuais possibilidades de disrupção logística, por um lado, e de distorção do mercado, por outro, com a entrada em vigor, em Julho próximo, da obrigatoriedade de os carregadores informarem antecipadamente o transportador sobre do peso verificado dos contentores a embarcar, a ESPO,  European Sea Ports Organisation, juntou-se às organizações europeias representativas dos armadores, carregadores e operadores portuários, no pedido às respectivas autoridades nacionais uma implantação o mais coordenada possível de forma a evitar esses perigos e garantindo também, em simultâneo, uma perfeita equidade de tratamento e situação em todas as circunstâncias.

Nesse enquadramento, a ESPO insta também os Estado Membro da União Europeia a prosseguirem uma implantação coordenada das novas disposições legais, tendo tanto em atenção o que outros estão a fazer, bem como seguindo linhas de orientação comuns, de forma a minimizar todos as possíveis distorções que a entrada em vigor das novas regras impostas pela Convenção SOLAS.

Assim, a ESPO pede igualmente a todos os Estados que clarifiquem o mais rapidamente possível quais as orientações a seguirem de formar a tornar possível a necessária harmonização de procedimentos e disposições em devido tempo.

Par ler a declaração conjunta, aceder aqui

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill