Segundo a consultora Alphaliner, com a aproximação das novas regras sobre combustíveis marítimos crescer as encomendas de scrubbers e as grandes empresas de transporte marítimo assim o demonstram
Scrubbers

O número de encomendas de depuradores de gases de escape de navios (scrubbers) subiu para 540 desde Novembro de 2018, data do último relatório da consultora Alphaliner sobre a matéria, referem vários meios de comunicação internacionais. A este aumento não é estranha a aproximação da entrada em vigor das novas regras da Organização Marítima Internacional (IMO) sobre o uso de enxofre nos combustíveis marítimos e que implicam uma redução das emissões de poluentes pelos navios.

Segundo o World Maritime News, a MSC chefia o número de encomendas, aproximando-se dos 180 pedidos, e já terá contraído um empréstimo de 390 milhões de euros para instalar 86 desses sistemas a bordo da sua frota própria. A empresa tenciona instalar scrubbers adicionais em navios fretados.

De acordo com o mesmo jornal, a Evergreen tem mais de 90 scrubbers sob encomenda incluindo para novos navios, e em Maio e Junho vai receber os dois primeiros navios de 20.338 TEU equipados com esse sistema, o Ever Glory e o Ever Govern. Além disso, dez dos seus navios de 2.886 TEU já estão equipados com scrubbers e outros se seguirão.

Recentemente, a Hyundai Merchant Marine (HMM) anunciou que 41 dos navios porta-contentores sob seu controle – 20 novos e 21 já existentes – serão equipados com scrubbers em 2021, incluindo navios de 11 mil TEU equipados com esse sistema em 2018. O jornal refere também que a HMM terá scrubbers em navios fretados, o que significará que as suas unidades assim equipadas atingirão as 50.

A Maersk também já terá comprometido 234 milhões de euros para instalação de scrubbers em alguns dos seus 50 porta-contentores, revertendo uma opção prévia de dar prioridade à utilização de combustíveis de baixo teor de enxofre para cumprir os requisitos exigidos pela IMO a partir do próximo ano.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill