Draga "Artemis" usada na regularização do fundo da bacia

Até ao final de Setembro decorrem obras de «regularização dos fundos da bacia do Terminal de Contentores de Sines (TXXI)», para melhorar a sua segurança e condições de operacionalidade face ao aumento do número e dimensões dos navios que o escalam, informa a Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS).

As obras representam um investimento de 9,5 milhões de euros e destinam-se a alargar a bacia para responder à entrada em actividade  dos Super Ultra Large Container Ships (Super-ULCS). O objectivo é regularizar os fundos rochosos não sujeitos a assoreamento para cotas de -17,0/17,5 m, tal como nas obras de 2011, mas numa área maior.

Nos trabalhos será utilizada a draga “Artemis”, com 131,5 m de comprimento (LOA), pertencente ao armador VAN OORD MANAGEMENT B.V., semelhante à “Athena”, utilizada nas obras de regularização dos fundos de 2011. A draga pode operar «até 32,4 m de profundidade e expelir o material através de uma conduta de 1.000 mm de diâmetro com auxílio de 3 bombas de 5.000 KW», apresentando uma «potência de corte instalada de 7.000 KW», informa a APS.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill