Na próxima semana, no âmbito de um protocolo assinado há dois dias, terão lugar os primeiros testes no Centro Náutico de Vela de Viana do Castelo a veleiros fabricados pela NELO
NELO Kayaks
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Na próxima Terça-feira começam os testes aos veleiros fabricados pela NELO M.A.R. Kayaks, realizados com um operador espanhol que irá posteriormente apoiar a venda das embarcações em Espanha, segundo apurámos junto da VianaSailing. Os testes já serão realizados no Centro Náutico de Viana do Castelo, onde agora existem três entidades residentes (a empresa de Manuel Ramos e a Viana Sailling, além do actual residente, Clube de Vela de Viana do Castelo).

A realização dos testes neste local decorre já do protocolo de cooperação estratégica para ali implementar uma base naval e treino de vela assinado esta semana entre estas três entidades e que o nosso jornal noticiou. O local será a base para os veleiros fabricados pela NELO, centro de testes das embarcações e centro de treino de vela de alto rendimento e a clientes compradores dos veleiros, se prejuízo das actividades que já ali decorriam no âmbito do Clube de Vela de Viana do Castelo.

De acordo com Manuel Ramos, responsável pela NELO M.A.R. Kayaks, em declarações ao nosso jornal, esta colaboração é uma “união de esforços de todos os envolvidos para agilizar e flexibilizar a utilização das infra-estruturas municipais, no desenvolvimento de um projecto de referência”.

Segundo nos adiantou o empresário, “a NELO e os parceiros, têm como objectivo tornar Viana uma referência mundial para o teste e treino de vela, através da aliança das condições naturais, à competência técnica e táctica dos treinadores e da capacidade da NELO na produção e afinação de embarcações de referência”.

Questionado sobre as metas deste projecto, Manuel Ramos afirmou-nos que a intenção dos parceiros é “apoiar e expandir o trabalho da Viana Sailing e ter em Viana um grande número de equipas internacionais de nível olímpico, mas também equipas internacionais de nível intermédio e que procurem aqui um local onde possam encontrar boas condições, bons barcos e bons treinadores”.

Neste projecto, “a Câmara Municipal de Viana do Castelo (CMVC) e o clube terão um papel fulcral na disponibilização de instalações e meios logísticos no apoio à actividade de estágios de preparação e nos momentos de teste e afinação das embarcações”, enquanto a “Viana Sailing aporta a competência técnica no acompanhamento, segurança e análise técnica dos testes e treinos”, explicou-nos o empresário.

Já a NELO “pretende centralizar não só as vendas, mas também o desenvolvimento em campo real em Viana, trazendo clientes, atletas e parceiros de todo o mundo para testar, comprar e afinar as suas embarcações; embarcações de diversos espectros que a NELO pretende produzir em Portugal”, referiu-nos Manuel Ramos.

Segundo apurámos o espírito do protocolo contempla a expansão do espaço actual, no sentido de criar uma área exclusiva para a nova componente que agora passa a estar implementada no Centro Náutico de Vela de Viana do Castelo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill