O Sindicato XXI cumpriu até ao fim a paralisação de três dias dos estivadores do porto de Sines, apesar de ter acedido a reunir com Ana Paula Vitorino para debater o assunto. No final da greve, que terminou no Sábado, o sindicato admitiu uma forte adesão. Ontem, o mesmo sindicato deu início a outra greve, já programada, até Outubro
Ana Paula Vitorino
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Apesar de ter reunido com a ministra do Mar no dia 3 de Maio, a pedido de Ana Paula Vitorino, para debater temas relacionados com a paralisação dos estivadores do Terminal XXI do porto de Sines, o Sindicato XXI decidiu manter a greve em curso até dia 4 de Maio (de que demos conta neste jornal) e começou ontem outra greve, já programada, “para as antecipações e prolongamentos”, que se prolongará “por um prazo de 6 meses, tal como tinha sido concordado por todos”, referiu o sindicato.

Relativamente à greve que terminou no dia 4 de Maio, “não houve nenhum sinal da parte da PSA/Laborsines para resolução do problema” durante o curso da mesma, razão pela qual o sindicato levou a paralisação até ao final, como sempre achou que iria ocorrer, referiu em comunicado. Todavia, continua a aguardar uma proposta de resolução do problema proveniente da PSA/Laborsines.

Ainda sobre essa greve, o Sindicato XXI referiu que os três dias de paralisação tiveram uma adesão de “799 trabalhadores efectivos da PSA/Laborsines, uma taxa de adesão de 98% no Departamento das Operações e de 100% no Departamento da Engenharia”. O único aspecto negativo, segundo o sindicato, terá sido a falta de adesão de 14 elementos do Departamento de Operações, o maior da empresa. “A taxa de adesão demonstra sem sombra de dúvidas, que praticamente todos estão em sintonia para existir um caminho alternativo para criarem outras soluções”, refere o sindicato.

Actualização em 6 de Maio: Já depois de publicada a notícia, uma informação do Sindicato XXI comunicou que o Departamento de Higiene e Segurança também teve uma adesão de 100% à greve, dado que apenas por lapso o sindicato reconhece não ter divulgado oportunamente.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Selvagens Ilhas Afortunadas

    Junho 6
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill