A autoridade do Qatar para as zonas francas envolveu a China na dinamização da nova área para o cluster marítimo e já assinou vários Memorandos de Entendimento nesse sentido
WTO
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Qatar Free Zones Authority (QFZA) anunciou o lançamento de um novo porto e de um cluster marítimo designado Marsa, a localizar em no centro da Zona Franca de Umm Alhoul, próximo ao porto de Hamad e a 20 minutos de Doha, a capital do Qatar, refere o safety4Sea.

Segundo a publicação, a área para o cluster marítimo, aberta a vários negócios, terá 1.600 metros de comprimento, 3 quilómetros de cais e capacidade para servir navios com um máximo de 70 metros de comprimento. Neste momento, já estarão abertas candidaturas a terrenos nessa área, designadamente para construção e reparação naval, projecção de embarcações, investigação marítima e corretagem de navios.

Diz ainda a publicação, com base em informação de jornais do Qatar, que a QFZA assinou um Memorando de Entendimento com entidades chinesas, incluindo o Conselho Chinês para a Promoção do Comércio Internacional (CCPIT, em inglês), para dinamizar o crescimento desta zona franca e a economia do país. No caso da CCPIT, o acordo visa criar mecanismos de troca de informação e a construção de uma plataforma de consulta B2B.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Selvagens Ilhas Afortunadas

    Junho 6
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill