Já há atletas em Cabo Verde à espera da primeira etapa da competição, que terá início dia 25 de Fevereiro e decorrerá até 3 de Março.
GKA Kitesurf World Tour
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Encontrem-se o vento e as ondas e a Ponta Preta, famoso spot de Kitesurf no Sal, em Cabo Verde, vai encher-se de competitivas cores: tem início no dia 25 de Fevereiro e até 3 de Março, a primeira etapa do GKA Kitesurf World Tour, segundo comunicado oficial.

 

Em prova, apesar de ainda só estarem inscritos 22 surfistas, esperam-se cerca de 70 concorrentes (masculinos e femininos). Entre os inscritos já se encontram nomes como Mitu Monteiro, Matchu Lopes, Camille Delannoy e Jan Marcos Riveras na divisão masculina, e Charlotte Carpentier, Johanna-Catharina Edin e Carla Herrera Oria na divisão feminina, que se estreou o ano passado.

 

A organização diz orgulhar-se da entrada das mulheres no campeonato, numa competição em que os prémios rondam os 30 mil euros, especialmente em eventos de 5 estrelas, como é o caso deste evento em Cabo Verde, que marca o seu segundo aniversário no país. “Este tipo de eventos de 5 estrelas tem de cumprir todos os requisitos, o que significa um mínimo de 30 mil euros, transmissão em directo e cobertura televisiva internacional; um evento de 4 estrelas precisa, no mínimo de dois desses requisitos e um evento de 3 estrelas deve cumprir apenas um deles”, explica Janne Vollert, da equipa de comunicação do GKA Kitesurf World Tour ao Jornal da Economia do Mar.

 

Cabo Verde tem alguns dos melhores locais para a prática de kitesurf e é o lar dos melhores praticantes de kitesurf do mundo, como Mitu Monteiro, Matchu Lopes e Airton Cozzolino.

 

“A definição de condições perfeitas varia dependendo da disciplina: para o kitesurf de estilo livre, mar flat com vento moderado são condições favoráveis. Para kitesurf em ondas com prancha de surf, ondas limpas e velocidade do vento moderada de uma direcção lateral ou ligeiramente marítima são ideais, enquanto ventos fortes geralmente levam a ondas imperfeitas quando vêm de uma direcção terrestre e a uma situação insegura para os surfistas”, explicou Janne Vollert.

 

Note-se que o Kite-surf World Cups é um tipo de prova que combina os diferentes formatos – em ondas, em Freestyle ou a mistura de ambos -, tendo em vista encontrar o melhor praticante “completo” de kitesurf. Já o Freestyle World Cups é dedicado aos desportistas de Freestyle, com quatro eventos em wakestyle mais dois cujo grande foco é o vento mais forte.

O calendário de eventos, recentemente disponibilizado, não contempla, este ano, Portugal, ao contrário do ano passado, quando a cuja terceira etapa, em Junho, foi na praia do Cabedelo, Viana do Castelo.

 

KITE-SURF WORLD CUPS:

. Sal, Cabo Verde:

25 de Fevereiro a 3 de Março (evento 5 estrelas *)

. Dakhla, Marrocos:

De 07 a 10 de Junho (evento duplo de cinco estrelas que também será encenado Freestyle, de 11 a 14 de junho)

. Sylt, Alemanha:

25 a 30 de Junho (evento de 3 estrelas)

. Tarifa, Espanha:

2 a 7 de Julho (evento duplo que também prepara o Freestyle)

. Ilhas Maurícias: a ser confirmado

5 a 15 de Setembro

. Preá, Brasil:

12 a 16 de Novembro (evento de 4 estrelas)

. Maui, Havaí: a ser confirmado

4 a 8 de Dezembro

. Torquay, Austrália:

11 a 15 de Dezembro

FREESTYLE WORLD CUPS:

. Leucate, França: a ser confirmado

20 a 25 de Abril

. Dakhla Marrocos:

11 a 14 de Junho (evento duplo de cinco estrelas. Também, Kite-Surf World Cup, de 07 a 10 de junho)

. Tarifa, Espanha:

2 a 7 de Julho (evento duplo. Também, Kite-Surf World Cup)

. Gran Canaria, Espanha: a ser confirmado

19 a 24 de Julho (evento de 4 estrelas)

. Malmo, Suécia:

06 – 11 de Agosto (evento 5 estrelas)

. Maurício: a ser confirmado

5 a 15 de Setembro

. Cumbuco, Brasil: a ser confirmado

(Evento de 5 estrelas)

OUTROS EVENTOS ASSOCIADOS À GKA: 

. Campeonato Africano de Kiteboarding, Dakhla, Marrocos:

8 a 10 de Março

. Coupé de Monde Junior de Kitesurf, St. Pierre de la Mer, França:

11 a 14 de Abril

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill