Face a 2017, o porto movimentou mais carga, em geral, e mais carga contentorizada, em especial, revela um relatório da autoridade portuária
Porto de Roterdão
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Em 2018, o porto de Roterdão movimentou mais 0,3% de carga do que e 2017 e mais 5,7% de carga contentorizada, avaliada em TEU, revelou um relatório da respectiva autoridade portuária, citado pelo Safety4Sea. O resultado operacional líquido do porto cresceu ligeiramente, para 254,1 milhões de euros, essencialmente devido a menores taxas de juros, refere a publicação.

Diz o relatório citado que estes resultados permitirão ao porto empenhar-se em novas iniciativas, especialmente relativas à transição energética e à digitalização. No último ano, os investimentos brutos cresceram 91% em 2018, para cerca de 408 milhões de euros, o maior valor desde a construção de Maasvlakte 2. A maioria do investimento foi aplicado para melhorar a acessibilidade logística ao porto, designadamente, com o início da construção da chamada Container Exchange Route e do viaduto Princess Amalia.

O documento recorda que o porto de Roterdão contribui com 45,6 mil milhões de euros para o PIB holandês, emprega directa e indirectamente 385 mil pessoas e que cerca de 1,2 milhões de pessoas vivem na zona do porto e em seu redor.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill