O sistema de gestão de segurança alimentar de ambas as lotas foi certificado com a norma ISO 22000
Docapesca

A Docapesca obteve a certificação do sistema de gestão da segurança alimentar das lotas de Sagres e de Sesimbra, pela APCER, segundo o referencial ISO 22000, informou a empresa, que este ano vai alargar o mesmo processo de certificação às lotas de Viana do Castelo, Aveiro e Nazaré.D

“Esta certificação é essencial na medida em que a Docapesca tem a responsabilidade pela aplicação das normas de segurança alimentar ao pescado transacionado nas lotas do continente português, assim como a sua rastreabilidade e a informação ao consumidor”, refere a empresa.

Em 2018, “a Docapesca realizou investimentos no porto de pesca de Sesimbra num total de 315 mil euros, envolvendo a remodelação da estação de tratamento de água salgada, reabilitação de armazéns de aprestos, criação da zona de estendal de redes e outras intervenções de manutenção”, recorda a empresa. Já em 2019, foram investidos 130 mil euros na instalação de nova plataforma flutuante e intervenções de manutenção no porto de pesca da Baleeira/Sagres.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill