Até 2018, o projecto LIFE Berlengas pretende dar resposta à presença de flora e fauna exótica invasora e que pode colocar em risco a ecologia das ilhas ao largo de Peniche
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

De acordo com Joana Andrade, coordenadora do LIFE Berlengas, «o projeto tem como principal objectivo  potenciar e proteger a biodiversidade das Berlengas e melhorar as condições naturais da ilha, encontrando-se já a decorrer algumas das ações de combate às principais ameaças à biodiversidade do arquipélago, entre as quais se destaca a presença e proliferação de espécies exóticas introduzidas».

Nesse sentido, o projecto LIFE Berlengas «pretende monitorizar a fauna e a flora do arquipélago das Berlengas, controlar espécies exóticas invasoras e implementar uma estratégia de gestão sustentável dos valores naturais do arquipélago», como refere o comunicado da Sociedade Portuguesa do Estudo das Aves, SPEA

A apresentação do projecto e dos seus resultados preliminares despertou o interesse dos cidadãos com ligação às Berlengas, principalmente quanto às temáticas da remoção do chorão, uma espécie que foi introduzida por se pensar erradamente que ajudava a evitar a erosão do solo mas que contribui para o fraturamento do granito na Berlenga,  e o controlo da população de gaivotas-de-patas-amarelas, uma espécie de ave marinha que põe em risco a sobrevivência de outras aves e cuja população já começa a decrescer.

Em relação ao crescente número de visitas às Berlengas, «foi manifestada alguma inquietação com a sua crescente procura e a sua correspondente capacidade de carga que poderá colocar em causa a qualidade da experiência recreativa e os valores naturais». Nesse sentido, o projecto espera poder vir a contribuir também para melhorar a gestão das visitas, procedendo à sua cuidadosa monitorização durante os próximos dois anos.

António José Correia, Presidente da Câmara Municipal de Peniche, referiu a intenção de instalar um centro de visitantes das Berlengas antes do próximo Verão.

O LIFE Berlengas iniciou-se a 1 de junho de 2014 e terá a duração de quatro anos e meio. O projecto conta com a participação da SPEA, Câmara Municipal de Peniche, Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Instituto Politécnico de Leiria.

O LIFE Berlengas foi apresentado no dia 7 de Fevereiro no Edifício Cultural de Peniche, para dar a conhecer a todos os interessados «as ações que estão a ser implementadas nas Berlengas com o objetivo de recuperar e conservar os seus valores naturais».



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill