Nos últimos três meses, foram apreendidas na lota de Matosinhos 8 toneladas de sardinha pescada ilegalmente, denunciou recentemente o Jornal de Notícias
ANOPCERCO

Segundo informava recentemente o Jornal de Notícias (JN), nos últimos três meses foram apreendidas na lota de Matosinhos mais de oito toneladas de sardinha capturada ilegalmente. Uma quantidade que vale cerca de 50 mil euros no mercado negro. Neste contexto, a Unidade de Controlo Costeiro da Guarda Nacional Republicana (GNR) terá identificado cinco pessoas e duas empresas envolvidas nesta situação.

De acordo com a TSF, “os pescadores acusam as embarcações espanholas de virem pescar de forma ilegal em águas nacionais”, mas também há “quem afirme que as capturas são feitas por pescadores portugueses que, de vez em quando, fintam as autoridades“. Ao JN, Rita Sá, bióloga marinha da Associação Natureza Portugal, terá referido que estes pescadores estão “a matar a galinha dos ovos de ouro”.

Desde 28 de Setembro que a pescada sardinha está proibida para protecção da sustentabilidade da espécie. Para compensar os pescadores pela medida e a consequente perda de rendimento, a lei prevê um apoio financeiro aos pescadores durante o período da proibição. Mas isso não impede que alguns  arrisquem furar a proibição e pescar contra a lei.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill