Com o furacão Irma como pano de fundo mediático, o Oceans Meeting termina hoje. Segundo tem vindo a ser divulgado, é aguardada uma declaração para partilha de conhecimento sobre os oceanos
Oceans Meeting 2017
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Hoje, no segundo e último dia do Oceans Meeting 2017, promovido pelo Ministério do Mar e pelo Fórum Oceano, é esperada a assinatura de uma declaração conjunta por parte de todos os países representados no encontro, na qual assumem o compromisso de partilhar conhecimento sobre os oceanos no quadro de uma solução global para preservar os mares.

Ontem, no primeiro dia do encontro, dedicado à relação entre a saúde dos oceanos e a saúde humana, estava prevista a assinatura de “protocolos de cooperação entre Portugal e outros países lusófonos, do Mediterrâneo e do Atlântico Norte para programas de investigação aplicada, limpeza do mar e de sustentabilidade da pesca”, conforme noticiou o jornal Público.

O encontro, ironicamente, assume especial significado por se realizar num contexto mediático fortemente marcado pela devastação provocada pelo furacão Irma, o maior dos últimos anos centrado no Atlântico, e  cujo impacto vários especialistas associam à temperatura acima do normal nos oceanos e na zona das Caraíbas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill