Miguel Marques

Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto, Revisor Oficial de Contas, pós-graduado em Gestão Imobiliária pela Escola de Gestão do Porto, em Gestão e Liderança pela Universidade Católica de Lisboa e em Empresas de Raiz Familiar pelo INSEAD. Dentro das diversas funções que exerce na PricewaterhouseCoopers , é o Partner responsável pelo projecto Economia do Mar em Portugal e pertence à equipa global de especialistas em Economia do Mar. Pertence aos quadros da PricewaterhouseCoopers como auditor e consultor de entidades nacionais e multinacionais de diversos ramos de actividade. Tem participado em diversos estudos sobre a economia e em particular sobre economia do mar, e tem sido orador convidado em diversos seminários sobre os vários temas económicos e impactos de políticas públicas, trabalhando com diversos líderes e executivos europeus, americanos, africanos e asiáticos, ajudando-os a tomar as melhores decisões económicas. É autor do LEME – Barómetro PwC da Economia do Mar (LEME Mundo, LEME Portugal, LEME Zoom Açores e LEME Zoom Madeira), uma compilação de informação que permite acompanhar, ao longo do tempo, a evolução da economia do mar em Portugal e no Mundo.
Há 02 minutos
Mapa que Transforma saiba mais
Julho 6, 2017
Há 02 minutos
Consequências da Lua saiba mais
Novembro 7, 2016
Há 02 minutos
Preparando a Grande Expedição… saiba mais
Setembro 29, 2016
Há 02 minutos
Correntes que arrastam culturas… saiba mais
Março 17, 2016
Há 02 minutos
Metamorfose: guerreiros salva-vidas saiba mais
Fevereiro 12, 2016
Há 02 minutos
Kairos vs Chronos!? saiba mais
Janeiro 18, 2016

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill