Segundo o estudo da Travel Leaders Group a Escócia e a Holanda subiram entre os cinco principais destinos europeus. Aventura e culinária são os temas mais procurados.
Travel Leaders Group
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

As Caraíbas continuam a ser o principal destino internacional para os passageiros dos EUA, seguido de cruzeiros fluviais europeus e de cruzeiros do Mediterrâneo, segundo a mais recente pesquisa de tendências de viagens da Travel Leaders Group (feita a mil consultores de viagens da América do Norte). A Escócia e a Holanda subiram entre os cinco principais destinos europeus (nos quais se inclui Portugal) e países como Singapura aumentaram a sua popularidade na Ásia/Sudeste Asiático.

 

A pesquisa revelou também que viagens activas e de aventura, juntamente com jornadas culinárias e focadas no vinho, estão actualmente entre as opções mais populares. A entrar no mercado activo está a Virgin Voyages, que na última semana encomendou um quarto navio da Fincantieri, que será um irmão para os outros, terá 110 mil toneladas brutas, 278 metros de comprimento e acomodará 2.770 passageiros.

 

Na semana passada, o KfW IPEX-Bank e o Commerzbank anunciaram financiamento para o terceiro navio de expedição da Hapag-Lloyd Cruises. O navio da Classe 6 Polar navegará pelas regiões polares juntamente com outros destinos, como a América do Sul. Terá um comprimento de 139 metros e acomodará até 230 passageiros e 175 tripulantes.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. IV Grande Conferência JEM

    Janeiro 22 - Janeiro 23
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill