Sardinhas maiores e mais gordas justificam opinião positiva de armadores relativamente ao Despacho do Ministério do Mar
ANOPCERCO
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Em declarações recentes à Rádio Onda Viva, o presidente da Apropesca – Organização de Produtores de Pesca Artesanal, sedeada na Póvoa de Varzim e que tem barcos da frota de cerco como associados, manifestou satisfação com a decisão do Governo de proibir a captura, manutenção a bordo e a descarga de sardinha até 30 de Abril deste ano, com qualquer arte de pesca, na zona 9 definida pelo Conselho Internacional para a Exploração do Mar (CIEM).

Na opinião do presidente da Apropesca, a concordância com a decisão relaciona-se com o facto de assim a frota começar a faina num momento em que a sardinha está maior e mais gorda.

 



Um comentário em “Apropesca favorável à proibição de captura de sardinha”

  1. António Custódio diz:

    Não me identifico com regime anterior ao 25 de Abril 1974.
    Esta decisão já vem com muitos anos de atraso:Outras normas em relação a outras espécies já deviam ter sido tomadas em conjunto com as organizações representativas dos pescadores:Porque a nosso (mar e rios) é por excelência uma zona de criação de peixe.Estas normas deveriam estar de acordo com o tempo da desova dos mesmos.Doutra forma não fazia sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill