Concessão do terminal de contentores do porto de Leixões ficou de fora
Yildirim

A Yilport Holding S.A., do grupo turco Yildirim, concretizou hoje, 19 de Fevereiro, a compra dos negócios de portos e logística detidos pela Mota-Engil. Por concluir ficou a renegociação do processo de concessão do terminal de contentores de Leixões, incluído na transacção, pelo que o valor agora envolvido foi de 245 milhões de euros.

O negócio estava dependente de uma decisão da decisão da Autoridade da Concorrência (AdC), que foi tomada em 4 de Fevereiro último, no sentido de não se opôr à sua concretização, pelo que as partes podiam, desde essa data, concluí-lo.

Em nota publicada no seu site, a AdC comunicou então que o Conselho da Autoridade da Concorrência tinha deliberado “adoptar uma decisão de não oposição à presente operação de concentração”, dado que “a mesma não é susceptível de criar entraves significativos à concorrência efectiva nos mercados relevantes ou relacionados identificados”.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill