Depois de vários dias bloqueado, o transporte marítimo de cereais pelos portos ucranianos do Mar de Azof foi restaurado
Aves marinhas
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Na Terça-feira, o Governo da Ucrânia anunciou que foi restaurado o transporte de cereais pelos seus portos de Mariupol e Berdyansk, no Mar de Azof, depois de um bloqueio de 10 dias decorrente da tensão militar com a Rússia relacionada com a apreensão de navios e detenção de militares ucranianos no Estreito de Kerch, refere o Safety4Sea.

A Alemanha saudou esta notícia, mas insistiu em apelar à Rússia para que liberte os 24 militares ucranianos que enfrentam acusações de entrada ilegal em águas russas. Paralelamente, delegações de 34 Estados membros da Organização Marítima Internacional (IMO, na sigla inglesa), incluindo Austrália, Reino Unido, Geórgia, Canadá, Alemanha, França e Estados Unidos, apoiaram a posição da Ucrânia nesta questão e condenaram o que consideram um acto de agressão armada da Rússia contra a Ucrânia, segundo a diplomacia de Kiev, citada pelo Safety4Sea.

Recorde-se que em 25 de Novembro, a Rússia apreendeu três navios da Ucrânia e deteve 24 militares que estavam a bordo, no Estreito de Kerch, que liga o Mar de Azof ao Mar Negro. Depois disso, a Ucrânia decretou a Lei Marcial em 26 das suas regiões até 27 de Dezembro. Esta situação gerou alguns bloqueios à navegação marítima na região e que afectou o transporte de produtos para os dois portos ucranianos do Mar de Azof, que são determinantes para a economia do país.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Seminário WavEC 2018

    4 Dezembro, 2018 - 5 Janeiro, 2019
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill