Esta base de dados servirá não só para analisar o tráfego existente como para proteger a área
Grupo de Trabalho do Conselho do Ártico sobre a Protecção do Meio Ambiente Marinho do Ártico
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Grupo de Trabalho do Conselho do Ártico sobre a Protecção do Meio Ambiente Marinho do Ártico (PAME) lançou recentemente uma base de dados de actividades de navegação no Árctico para melhorar o conhecimento do tráfego na área e ajudar a compreender os factores que afectam a extensão de gelo no Árctico.

Em concreto, pretende-se que os utilizadores autorizados (sendo que há inclusivamente universidades e entidades de pesquisa) analisem os padrões de tráfego de embarcações, o uso de combustível e emissões atmosféricas, entre outras condições económicas e ambientais. Trata-se de uma base de dados com informações arquivadas de 2005 a 2018, que serão assim actualizadas regularmente.

Entre as informações recolhidas estão o número de navios no Árctico, distâncias percorridas e horas operadas; localização dos navios e rotas; tipos de navios, incluindo tamanho e bandeira ou medições de poluição provenientes de navios, incluindo emissões de CO2.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill