Confiscado pelas autoridades norte-americanas por violação de sanções internacionais, o Wise Honest foi rebocado da Indonésia para a Samoa Americana, mas Pyongyang rejeita as acusações e reclama a devolução do navio
Norled
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Coreia do Norte exigiu aos Estados Unidos a devolução do graneleiro Wise Honest, apreendido em 2018 na Indonésia por suspeita de violação de sanções internacionais e questões relacionadas com a segurança do navio e recentemente rebocado para a Samoa Americana por ter sido confiscado pelas autoridades judiciais norte-americanas no princípio deste mês.

Para as autoridades norte-coreanas, este foi um “acto de flagrante roubo”, ilegal e ultrajante, que desapropriou um país da carga do seu navio, mas Pyongyang terá admitido a relação do navio com a resolução das sanções impostas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas à Coreia do Norte.

A Coreia do Norte considera que as resoluções das sanções em que os Estados Unidos se baseiam para tomar posse do navio “infringiram flagrantemente” a sua soberania”, pelo que as rejeitam e condenam por inteiro.

Recorde-se que em Abril de 2018 as autoridades indonésias identificaram o navio em Kalimantan Oriental, na ilha de Bornéo, na Indonésia, com 25 toneladas de carvão norte-coreano, quando se preparava para realizar uma transferir a carga para outro navio, num procedimento habitualmente usado para dissimular a origem de cargas sujeitas às sanções internacionais. O Wise Honest foi apreendido por violar normas de segurança e o capitão foi acusado por um Tribunal local de violar as leis marítimas indonésias.

O comércio de carvão norte-coreano é geralmente proibido ao abrigo das sanções das Nações Unidas e dos Estados Unidos sobre a Coreia do Norte. De acordo com as autoridades norte-americanas, o navio era usado para transportar carvão para o estrangeiro e regressar com maquinaria pesada à Coreia do Norte, pelo menos, entre 2016 e 2018. O seu operador, a Korea Songi Shipping Company, também está na lista negra das autoridades de Washington e julga-se que é uma empresa do Exército norte-coreano.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill