Seis das suas novas aquisições são para os rios do centro da Europa, como o Meno, o Reno e Danúbio e uma é para o Douro, em Portugal.
Mystic Invest

“Como manda a tradição” a Viking River Cruises partiu uma garrafa de aquavit da Gammel Opland em cada proa das sete embarcações novas que adquiriu. A celebração deu-se esta Terça-feira, no rio Reno, na Basiléia, Suíça, segundo vários meios de comunicação.

Deste modo, a sua frota fluvial tem mais seis embarcações Viking Longships de 190 metros: Viking Einar, Viking Sigrun, Viking Sigyn, Viking Tir, Viking Ullur e Viking Vali, que serão colocados nos itinerários mais populares da empresa, nos rios Reno, Meno e Danúbio. E o sétimo navio, menor, de 80 metros, o Viking Helgrim, inspirado no design Longships, construído especificamente para o rio Douro, para se juntar aos já existentes em Portugal.

“Começámos a receber hóspedes nos rios da Rússia há 22 anos e sempre fizemos as coisas de maneira diferente. Concentramo-nos no destino e fornecemos experiências de viagem que permitem aos nossos hóspedes aprender, enriquecer-se e explorar o mundo com conforto. É A Diferença Viking”, referiu Torstein Hagen, Presidente da Viking.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill