O projecto de avaliação do valor da onda já recolheu mais de 2000 inquéritos a fim de gerir conflitos do uso do espaço
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

«A onda é um recurso extremamente importante», refere Lia Vasconcelos, professora da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) da Nova, não só do ponto de vista económico mas também na sua óptica social, cultural e ambiental. Devido aos recursos limitados e pontuais, o projecto tem avançado modestamente, e dentro de um mês esperam-se os primeiros resultados para a Costa da Caparica, seguindo-se a Ericeira, daqui a quatro meses, e a Nazaré.

Os resultados dos inquéritos têm grande potencial para dinamizar os desportos de ondas. Através dos números respeitantes à quantidade de fatos que cada surfista compra por ano, a equipa espera obter uma indicação do valor económico do desporto, informação essa que pode ser facultada à indústria para entender como o usuário usa o seu equipamento. Este estudo esperam entender também até que ponto os praticantes de desportos são mais dedicados à defesa e conservação do recurso da onda. Outro resultado importante que se prevê é que há uma disponibilidade de pagar muito significativa da parte dos não praticantes para assistir a estes desportos de ondas, explica Filipa Ferro, investigadora do VoW.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill