Segundo um delegado da UE na África Ocidental, a Europa vai disponibilizar 155 milhões de euros através de vários programas para combater as operações ilegais naquela zona
Kurt Cornelis
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A União Europeia (UE) vai apoiar medidas de segurança no Golfo da Guiné com programas no valor de 155 milhões de euros, anunciou Kurt Cornelis, coordenador da delegação da UE na Nigéria e na Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), numa conferência sobre segurança marítima em Abidjan, na Costa do Marfim, refere o Safety4Sea.

De acordo com o mesmo responsável, citado pela publicação, a UE decidiu apoiar a implementação de estratégias para garantir a segurança marítima e o combate ao tráfico de drogas naquela zona de África, onde, apesar de vários esforços, continuam a existir ameaças que a tornaram a mais perigosa do mundo em termos de pirataria e assalto à mão armada no mar em 2018.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill