O Presidente norte-americano decidiu aumentar as tarifas sobre produtos chineses importados e levantar a suspensão das taxas ainda antes do fim das negociações comerciais com a China
Hyundai Heavy Industries
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

No dia 5 de Maio, através das redes sociais, Donald Trump anunciou o aumento das tarifas sobre 200 mil milhões de dólares de produtos importados da China em 25% contra os 10% anteriormente estabelecidos mas entretanto suspensos até que Washington e Pequim concluíssem as negociações bilaterais em curso sobre taxas comerciais. Além disso, o Presidente norte-americano decidiu aplicar uma taxa de 25% a outro conjunto de bens chineses estimados em 325 mil milhões de dólares.

O aumento das tarifas deverá entrar em vigor na Sexta-feira, constitui uma reacção ao que Trump considera ser a lenta progressão das negociações, teve um impacto imediato nos mercados, com quebras nas Bolsas e nos preços do petróleo e, conforme referiu o Wall Street Journal pode mesmo colocar em risco o diálogo comercial com a China, que, surpreendida, terá ponderado suspender o diálogo previsto para esta semana.

Segundo a Reuters, o clima das negociações conheceu um aumento de tensão e ficou alterado depois deste anúncio, de acordo com fontes oficiais chinesas, que terão admitido que Pequim está a reavaliar a participação nos encontros bilaterais.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Selvagens Ilhas Afortunadas

    Junho 6
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill