O sector do transporte marítimo e as actividades que lhe estão relacionadas está a ser aconselhado a reforçar a segurança contra os ataques informáticos, que serão cada vez mais ameaçadores à medida que aumenta a digitalização dos sistemas e das comunicações, sem que operadores e armadores prestem a atenção adequada aos efeitos secundários dessa evolução
Maersk
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Todo o sector do transporte marítimo, incluindo outros segmentos da cadeia de abastecimento além das empresas de navegação, deverá cada vez mais proteger-se de ataques informáticos, segundo a empresa de serviços jurídicos Ince & Co, refere o World Maritime News.

Os recentes ataques informáticos a empresas como a Maersk ou a BW Group, demonstraram as vulnerabilidades dos sistemas do sector do transporte marítimo. Segundo a Ince & Co., citada pelo jornal, a crescente digitalização, os progressos dos sistemas de comunicações por satélite e os avanços na eficiência tecnológica aumentam os riscos dos operadores e armadores, que, aparentemente, não têm considerado os efeitos secundários desses benefícios.

Rory Macfarlane, Partner da Ince & Co Hong Kong, citado pelo jornal, referiu que aquilo a que assistimos este ano foi apenas à “ponta do iceberg”. A dimensão das ameaças está subestimada no sector devido a uma relutância das vítimas em partilharem as suas experiências em prol do bem comum.

O mesmo responsável adiantou que para garantir a segurança dos seus sistemas, as empresas devem começar a desenvolver planos preventivos de segurança e de resposta a ataques informáticos tão rapidamente quanto possível. Nesta área, a melhor defesa contra o crime informático será um esforço concertado de planeamento e prevenção.

Para Macfarlane, “a mensagem é simples: melhorar a protecção informática não tem que ser cara; melhorias significativas podem ser realizadas com um investimento modesto; mas a prevenção é sempre melhor do que a cura e a criação de uma cultura de segurança informática é essencial”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill