Quase sete meses depois do acidente com o Mestre Simão, terminaram as operações de desmantelamento e remoção do navio e de limpeza sub-aquática
Mestre Simão
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

 

No passado dia 7 de Julho terminaram as operações de remoção e limpeza sub-aquática relacionadas com o desmantelamento do ferry Mestre Simão, da Atlanticoline, que encalhou ao largo da Vila da Madalena, na Ilha do Pico, nos Açores, no passado dia 6 de Janeiro, informou a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

De acordo com a AMN, os trabalhos começaram em 10 de Abril e em 16 de Maio foi dado início ao desmantelamento do navio, concluído em 29 de Junho com a remoção da “última grande secção (secção da proa) que ainda se encontrava no local do encalhe”. Após o que se seguiu “uma fase de limpeza sub-aquática que se prolongou até ao dia 07 de Julho”, esclareceu a AMN.

Disse ainda a AMN que “o trabalho de remoção envolveu também a participação de empresas especializadas no tratamento e reutilização de resíduos, tendo o grosso do material metálico sido remetido para o continente Português em diversos contentores”.

Foto retirada do portal da Autoridade Marítima Nacional

Ver também http://www.jornaldaeconomiadomar.com/18544-2/

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill