Os portugueses Miguel Blanco e Vasco Ribeiro que representaram Portugal no MEO Rip Curl Pro Portugal, competição mundial da WSL, já foram eliminados.
MEO Rip Curl Pro Portugal
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Praia de Supertubos, Peniche, recebe novamente os melhores surfistas do Mundo. O MEO Rip Curl Pro Portugal, a competição que começou na última Terça-feira e decorrerá até 27 de Outubro, perfaz a penúltima etapa do circuito mundial de surf (CT) da World Surf League (WSL). E desta vez com mais dois portugueses, além de Frederico Morais, concorrente do CT – Miguel Blanco (campeão nacional da Liga MEO Surf 2018) eliminado no primeiro dia, na segunda ronda, contra o australiano Owen Wright (nº6 do mundo) com 7,73 pontos (em 20 possíveis) contra 9,33 do seu adversário; e Vasco Ribeiro (o melhor surfista português no circuito mundial de qualificação QS, em 20º), eliminado com 7,90 pontos, contra os 8,03 de Wade Carmichael.

 

A edição que marca a décima vez consecutiva que a elite do surf compete em Peniche, integrada no calendário do circuito mundial de surf, é considerada “um evento marcante para Peniche, para a região Oeste e para Portugal. Os melhores surfistas do mundo confluem na Capital da Onda e as previsões apontam para um espetáculo de grandes sensações e de enorme qualidade”, afirma o presidente da Câmara Municipal de Peniche, Henrique Bertino.

 

Esta edição é exigente, estão actualmente a trabalhar aproximadamente 400 pessoas directamente no evento, sendo que as montagens do mesmo começaram um mês antes, com 70 pessoas. “Tem sido um caminho espectacular e muito gratificante. Passarmos de uma licença móvel para paragem obrigatória significou termos posto Portugal como destino de surf mundial.  Há duas vertentes que acabam por se unir de forma crucial: a modalidade em si, o despertar para a modalidade, para este Lifestyle, não só pela prática do desporto mas também pelo contacto com a natureza, o aproveitamento desta costa lindíssima, como também as condições peculiares do nosso País: clima, distâncias curtas, tradição e gastronomia. Nós, portugueses já sabíamos disto, e o nosso trabalho foi apenas mostrar à elite mundial de surf e consequentemente ao mundo o que já sabíamos” declara Francisco Spínola, representante europeu da WSL.

 

 

MEO Rip Curl Pro Portugal Round 1 Results:

Heat 1: Ryan Callinan (AUS) 9.53, Ezekiel Lau (HAW) 9.00, Owen Wright (AUS) 6.50

Heat 2: Jordy Smith (ZAF) 9.73, Yago Dora (BRA) 5.57, Keanu Asing (HAW) 4.54

Heat 3: Italo Ferreira (BRA) 10.94, Frederico Morais (PRT) 6.20, Wiggolly Dantas (BRA) 4.43

Heat 4: Julian Wilson (AUS) 14.50, Connor O’Leary (AUS) 12.00, Vasco Ribeiro (PRT) 9.47

Heat 5: Tomas Hermes (BRA) 10.50, Filipe Toledo (BRA) 9.56, Miguel Blanco (PRT) 4.17

Heat 6: Gabriel Medina (BRA) 13.17, Samuel Pupo (BRA) 6.03, Patrick Gudauskas (USA) 4.77

Heat 7: Adrian Buchan (AUS) 9.10, Miguel Pupo (BRA) 8.30, Wade Carmichael (AUS) 5.80

Heat 8: Conner Coffin (USA) 12.16, Griffin Colapinto (USA) 10.17, Joan Duru (FRA) 3.17

Heat 9: Ian Gouveia (BRA) 11.50, Kolohe Andino (USA) 5.76, Jeremy Flores (FRA) 1.80

Heat 10: Jesse Mendes (BRA) 8.83, Willian Cardoso (BRA) 7.03, Sebastian Zietz (HAW) 2.54

Heat 11: Kanoa Igarashi (JPN) 14.77, Matt Wilkinson (AUS) 6.77, Adriano de Souza (BRA) 6.17

Heat 12: Michel Bourez (PYF) 10.47, Michael February (ZAF) 6.73, Michael Rodrigues (BRA) 1.67

 

MEO Rip Curl Pro Portugal Round 2 Resultados:

Heat 1: Filipe Toledo (BRA) 12.67 def. Samuel Pupo (BRA) 5.03

Heat 2: Owen Wright (AUS) 9.33 def. Miguel Blanco (PRT) 7.73

Heat 3: Wade Carmichael (AUS) 8.03 def. Vasco Ribeiro (PRT) 7.90

Heat 4: Kolohe Andino (USA) 12.33 def. Wiggolly Dantas (BRA) 9.73

Heat 5: Willian Cardoso (BRA) 14.50 def. Keanu Asing (HAW) 9.67

Heat 6: Michael Rodrigues (BRA) 13.00 def. Miguel Pupo (BRA) 10.10

 

MEO Rip Curl Pro Portugal heats do Round 2 por realizar:

Heat 7: Adriano De Souza (BRA) vs. Joan Duru (FRA)

Heat 8: Sebastian Zietz (HAW) vs. Matt Wilkinson (AUS)

Heat 9: Jeremy Flores (FRA) vs. Michael February (ZAF)

Heat 10: Griffin Colapinto (USA) vs. Patrick Gudauskas (USA)

Heat 11: Ezekiel Lau (HAW) vs. Connor O’Leary (AUS)

Heat 12: Yago Dora (BRA) vs. Frederico Morais (PRT)

 

Ranking Mundial do CT

  1. Gabriel Medina (BRA), 51.770 pontos
  2. Felipe Toledo (BRA), 51.450 pontos
  3. Julian Wilson (AUS), 47.125 pontos
  4. Ítalo Ferreira (BRA), 33.490 pontos
  5. Jordy Smith (ADS), 32.020 pontos


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Da Cartografia na Antiguidade até à Cartografia Portuguesa

    Novembro 16 @ 15:00 - 17:30
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill