O Governo sueco assumiu, na conferência da Volvo Ocean Race Village, o compromisso de investir em 15 projectos de sustentabilidade oceânica.
Volvo Ocean Race Village,
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A ministra do Ambiente do Governo sueco, Karolina Skog, revelou a intenção do seu Executivo de aplicar 7,8 milhões de euros em 15 projectos relacionados com a sustentabilidade do oceano, num evento que decorreu na Volvo Ocean Race Village, em Gotemburgo, na Suécia.

“O Governo sueco decidiu distribuir fundos para trabalhos específicos que se focam em recolher os plásticos de oceanos, em tratar da acidificação dos oceanos, da destruição dos recifes de corais, da educação e ciência do oceano. Queremos usar a informação que vai chegar da comunidade científica e coloca-lo em práctica”, referiu a ministra.

Com o intuito de desenvolver alianças entre possíveis parceiros no âmbito da sustentabilidade marítima, a Volvo Ocean Race Village pretende também consciencializar as pessoas para a dimensão do problema dos plásticos e para a responsabilidade de cada um neste âmbito. Neste sentido, a ministra referiu igualmente que está a considerar uma mudança na legislação, tornando o comércio de resíduos de plástico mais transparente.

Também Håkan Samuelsson, presidente e CEO da Volvo Cars, referiu um exemplo de grande responsabilidade, demonstrado através do compromisso da Volvo Cars de usar plástico reutilizado em pelo menos 25% da sua produção, a partir de 2025. E apresentou um modelo Volvo XC60, fabricado com alguns plásticos reciclados.

Entre os tópicos discutidos incluem-se a poluição plástica dos oceanos, o seu impacto na saúde humana e o apoio dos investidores à emergente economia azul. Recorde-se que o Programa Volvo Ocean Race Sustainability, com as suas conferências em Alicante, Cidade do Cabo, Hong-Kong, Newport, Rhode Island e Cardiff, já levaram Governos, empresas e vários defensores dos oceanos a assumir compromissos sólidos para ajudar a deter a disseminação de plástico nos oceanos.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill