Empresa tem certificação tripla: ISO 9001:2015, ISO 14001:2015 e OSHAS 18001:2007
Rebonave
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O SIG-QAS – Sistema Integrado de Gestão de Qualidade, Ambiente e Segurança da Rebonave “foi auditado com sucesso, no âmbito dos referenciais normativos ISO 9001:2015, ISO 14001:2015 e OSHAS 18001:2007”, anunciou a empresa, que acrescentou que desta forma se tornou “uma das primeiras empresas com certificação tripla, pelos referenciais de 2015 (Qualidade e Ambiente), em Portugal”.

Segundo informou a Rebonave, a certificação do sistema foi conferida pela LLOYDs Register LRQA – a única entidade certificadora com a acreditação “UKAS – Management Systems”, em Portugal.

De acordo com a empresa, o seu modelo de gestão assenta na qualidade do serviço / satisfação dos clientes, no bem-estar/segurança e saúde dos colaboradores e na mitigação dos impactes ambientais da actividade (responsabilidade para com o ambiente e sociedade), “que foram agora reconhecidos”.



Um comentário em “Sistema de gestão da Rebonave auditado com êxito”

  1. Maria da Luz diz:

    A REBONAVE para álem de ser uma das poucas empresas com certificação tripla em Portugal é também a UNICA empresa na sua área de negócio com esta certificação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

  1. Greenfest

    Setembro 28 - Outubro 1
  2. Semana do Mar em Setúbal

    Outubro 3 - Outubro 8
  3. Logística e Cadeias de Abastecimento

    Outubro 11 @ 9:30 - 18:00
  4. 1ª Feira e Congresso Trabalhar num Navio

    Outubro 19 @ 11:00 - 19:30
«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill