O sistema é inovador e será instalado para a realização de um ensaio monitorizado por pescadores
Banco Condor
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Na próxima semana, será colocado um sistema fixo para agregação de peixe no Banco Condor, a 12 quilómetros do porto do Varadouro, na Ilha do Faial, nos Açores, para realizar um ensaio com monitorização diária feita por pescadores, revelou Director Regional das Pescas dos Açores, Luís Rodrigues.

O sistema consiste num conjunto de boias, com reflector de radar, que permite aos pescadores pouparem tempo e combustível à procura de peixe, combinando beneficíos económicos e ambientais. “Evitam-se os gastos com o combustível, reduzindo, desta forma, a produção de gases de estufa”, referiu o mesmo responsável.

De acordo com o Director Regional das Pescas dos Açores, o sistema pode ter especial interesse na pesca do atum, no Mar dos Açores, pois os pelágicos, como o atum, o dourado e o lírio, tendem a concentrar-se sob objectos flutuantes, como, troncos ou boias perdidas, e assim é possível compreender melhor este comportamento.

Quanto ao local, Luís Rodrigues considerou que a escolha do Banco Condor deve-se ao facto de ser “uma área protegida e que tem servido de laboratório para muitas experiências de investigação científica desde 2009”. “Se esta experiência funcionar, este sistema fixo agregador de peixe poderá vir a ser colocado noutros locais”, admitiu Luís Rodrigues.

A construção e monitorização deste sistema inovador são da responsabilidade da SeaExpert, uma empresa de serviços e consultoria na pesca, que será acompanhada pela Direcção Regional das Pescas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill