O sindicato congratulou-se com a filiação, valoriza o trabalho destes profissionais e critica as suas condições de trabalho
Comunidade Portuária de Leixões
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Na última semana, o Sindicato dos Estivadores e da Actividade Logística (SEAL), em nota publicada no seu blogue «O Estivador», deu conta de uma filiação massiva dos amarradores e marítimos do porto de Leixões na sua organização, regozijando-se pelo facto.

“É com grande satisfação e responsabilidade que o SEAL acolhe o interesse colectivo dos Amarradores e Marítimos das embarcações que procedem às manobras de acostagem e largada de navios no porto de Leixões em se filiarem no SEAL”, referiu o sindicato.

Depois de esclarecer que estes trabalhadores são os que “procedem às manobras de amarração e largada das amarras dos navios ao cais, na acostagem e partida dos mesmos”, o SEAL refere que apesar da sua importância “e dos lucros milionários que este negócio entregue a privados gera, quer para estes quer para a Administração Portuária do Douro e Leixões que o concessiona, estes trabalhadores são aqueles que em piores condições labutam na muralha”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill