As duas empresas firmaram um acordo para que a Rolls-Royce, pioneira na investigação e desenvolvimento da tecnologia marítima, possa usar a Máquina de Aprendizagem da Google Cloud
ECSA
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Rolls-Royce assinou na última semana um acordo com a Google para o desenvolvimento de sistemas inteligentes para navios, permitindo aumentar a segurança da navegação marítima.

O acordo foi firmado na Google Cloud Summit, na Suécia, e possibilita que a Rolls-Royce use a Máquina de Aprendizagem da Google Cloud, que permite criar facilmente modelos de aprendizagem de máquina que operam em qualquer tipo de base de dados. O objectivo é treinar o sistema de classificação de objectos de inteligência artificial para que um navio possa detectá-los e rastreá-los no meio do mar.

Recorde-se que a Rolls-Royce já se tinha unido, em Março deste ano, à McGregor, uma empresa de serviços e soluções de engenharia marítima, com um objectivo semelhante – o desenvolvimento de novas soluções combinadas de hardware e software, aproveitando também os mais avançados desenvolvimentos tecnológicos em domínios como o de processamento do designado Big Data, comunicações e acesso em tempo real aos mais vastos conjuntos de informação disponíveis.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill