Com a aproximação do Brexit, o Governo britânico parece apostar em reforçar a sua marinha mercante, assumindo o objectivo de duplicar os navios sob registo britânico a partir da saída do país da UE
Brexit
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Reino Unido quer duplicar a tonelagem de navios sob registo britânico, de 16 milhões para cerca de 30 milhões de tonelagem bruta após o abandono da União Europeia (Brexit), refere o World Maritime News. Com a medida, o país passará do 15º para o 10º lugar entre as nações marítimas.

O Registo de Navios do Reino Unido, simbolizado pela Insígnia Vermelha, também conhecida por Pavilhão Vermelho, foi criado em 1785 e cresceu 11,5% entre 2015 e 2017, devido, essencialmente, ao registo de novos navios das empresas Atlantic Container Lines, Stena e Stolt Tankers, refere o jornal.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

«Foi Portugal que deu ao Mar a dimensão que tem hoje.»
António E. Cançado
«Num sentimento de febre de ser para além doutro Oceano»
Fernando Pessoa
Da minha língua vê-se o mar. Da minha língua ouve-se o seu rumor, como da de outros se ouvirá o da floresta ou o silêncio do deserto.
Vergílio Ferreira
Só a alma sabe falar com o mar
Fiama Hasse Pais Brandão
Há mar e mar, há ir e voltar ... e é exactamente no voltar que está o génio.
Paráfrase a Alexandre O’Neill